(11) 2592-1971
(11) 2592-1971 (11) 95020-0770
SEG A SEX 9h às 19h

Horário de atendimento: Seg a Sex 9h às 19h

Se preferir, entre em contato por e-mail

BLOG

Home » Travel » 3 problemas que a mulher enfrenta ao viajar sozinha
05/09/2019 - Publicado por Single Trips - Travel

3 problemas que a mulher enfrenta ao viajar sozinha

A mulher que viaja sozinha está mais propensa a sofrer alguns perigos. Isso já não é segredo. Mas ainda assim, ao encarar o desafio de conhecer um local sem companhia, a mulher encara alguns problemas que podem ser evitados.

Segundo uma pesquisa realizada pela TripAdvisor, uma a cada quatro mulheres viaja sozinha. Independente do motivo que as levam a ter essa escolha, queremos contribuir para que a viagem dessas mulheres seja a melhor possível.

Uma das formas de garantir esse sucesso é se informando sobre esses problemas que podem surgir. Separamos 3 para compartilhar com você ao longo deste artigo.

Lidando com o fato de viajar sozinha

Apesar de encontrarmos atualmente mais facilidade para viajar do que há 20 anos atrás, ainda assim percebemos que muitas mulheres têm um receio.

Podemos dizer que é compreensível. Afinal, até pouco tempo atrás, a mulher era criada para lidar com os afazeres domésticos e da criação dos filhos. Os homens que tinham a liberdade de ir e vir do trabalho. 

Entretanto, os anos se passaram e as mulheres começaram a ocupar cargos de chefia. Os papéis familiares muitas vezes são compartilhados e é inegável que a mulher ganhou mais independência. 

Todavia, ainda em quase todos os vôos a maioria da tripulação é formada por homens segundo a Voopter, aplicativo brasileiro que compara as passagens aéreas. 

Isso demonstra que por mais que a mulher esteja viajando, ainda assim não faz no mesmo nível e quantidade que os homens. 

Aqui poderíamos falar sobre feminismo e igualdade, mas não vamos entrar neste tópico. Diferentemente de nos apoiarmos neste dado para justificar uma luta de gênero, vamos focar no levantamento de um pensamento. 

O QUE IMPEDE A MULHER DE VIAJAR A MESMA QUANTIDADE QUE UM HOMEM?

Se todos somos iguais perante a lei, por que ainda existe essa diferença? O que aprisiona mais a mulher na sua zona de conforto? Quais são as algemas que detém a mulher, mas que não funcionam com os homens?

A Voopter foi atrás dessas respostas e elaborou uma pesquisa onde foram entrevistadas 5 mil mulheres. O objetivo era entender justamente porque elas viajam menos que os homens no Brasil e 3 respostas foram encontradas.

Quais são os problemas? 

Depois de uma análise detalhada, foram destacados 3 problemas comuns que a mulher enfrenta ao viajar sozinha. São eles:

1. Dinheiro

A pesquisa foi realizada com mulheres de várias classes sociais. Como a maior parte da população brasileira está na classe C e D, o dinheiro foi considerado um problema por 86,6% das entrevistadas. 

Segundo o Ministério do Trabalho, as mulheres recebem 16% menos que os homens no Brasil mesmo que ocupem o mesmo cargo. 

2. Tempo

Por mais que as responsabilidades familiares sejam mais bem divididas entre homem e mulher do que há cem anos atrás, ainda assim a mulher se encarga mais que os homens em algumas tarefas.

Sabemos perfeitamente que a mulher muitas vezes tem jornada dupla, se não tripla. É necessário um cuidado para a mulher dividir seu tempo com trabalho, casa, filhos, relacionamento, para ela mesma e com que ou quem mais deseja.

Olhando para essa frase parece mais uma missão impossível, afinal, o dia só tem 24 horas. E para adicionar uma carga a mais, de acordo com um estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, as brasileiras gastam, em média, 7,5 horas a mais do que os homens por semana com atividades domésticas.

3. Medo

Infelizmente esse é um dos grandes problemas que aprisionam as mulheres na sua rotina. Cerca de 37,3% das mulheres entrevistadas disseram que não viajam por medo. Sendo que destas, 45,7% falaram que este medo vem devido a violência de gênero

Encarar um país e uma cultura diferente da sua sozinha requer uma coragem e uma certeza do que quer. Nem todas as mulheres estão dispostas.

Se for pesquisar na internet ou assistir um telejornal, é possível encontrar alguma violência contra a mulher, seja assédio, estupro ou até homicídio. 

Muitas pelo medo do desconhecido, de não saber como lidar, não ter um amigo no local ou não ter a fluência do idioma oficial escolhem negar a realização de um sonho.

Notícias e relatos podem sim desestimular. Tememos pela nossa vida e não queremos nos expor ao perigo. Entretanto, não podemos deixar que esse medo nos domine e nos impida de viajar.

Temos que encontrar soluções que nos dê liberdade. Essa palavra, LIBERDADE, é algo que não devemos nos esquecer e lutar para usufruí-la.

Nós temos o direito de ir e vir. Se algo nos impede, está basicamente tirando um dos nossos direitos que vários de nossos antepassados lutaram para estar na nossa Constituição. 

Por esse motivo há debates feministas e como este aqui levantado neste artigo. Temos que oferecer espaço cada vez mais para reflexões de pensamentos. Temos que analisar o comportamento da sociedade para saber se estamos sendo respeitadas igual merecemos. 

 

Soluções para viajar sozinha

Se você quer viajar, não se acanhe pelo dinheiro. É possível poupar e economizar. Tudo é questão de planejamento. 

Assim como o tempo. Estabelecendo metas diárias para se cumprir e manter uma agenda organizada, é possível que o tempo deixe de ser um problema. 

Todo trabalho é necessário ter férias e não faz mal deixar os filhos com os pais ou avós por uma semana - se assim julgar correto.

Da mesma forma, o medo não deve te aprisionar. A certeza disso é que existem meios para que você evite possíveis perigos.

1. GPS

É possível você configurar seu celular ou outro meio eletrônico para que outra pessoa saiba onde você está.  

2. Aplicativos

Chirpey, MayDay,  RedZone, Noonlight e Tripwhistle são aplicativos que informam sobre locais onde outras mulheres já sofreram incidentes. 

Da mesma forma, alertam sobre locais considerados perigosos e indicam sobre como entrar em contato com a polícia local. 

3. Viagens em grupo

Caso a ideia de você viajando sozinha não te agrade, ainda assim é possível você conhecer o mundo e realizar os seus sonhos. 

Viajar em grupo tem vários benefícios. Mas para resumir, você tem companhia durante a viagem, tem com quem compartilhar experiências, tem melhor custo-benefício e é mais seguro! 

Afinal, é mais propenso de algo ruim acontecer com alguém sozinho do que com um grupo inteiro. Mas isso não é motivo para ter medo. É apenas mais uma garantia de segurança, principalmente em países no Oriente Médio. 

A Single Trips é uma empresa especializada em viagens de grupo e é uma perfeita indicação para quem não quer viajar sozinho. 

A Single cuida de toda elaboração do roteiro, reservas e toda a parte burocrática. Você apenas cuida da documentação pessoal e de fazer as malas. 

O melhor é que viajando com a Single você ainda tem outros benefícios! Além de viver experiências inesquecíveis, terá a oportunidade de fazer novas amizades. 

Conheça a programação completa no site www.singletrips.com.br e deixa a Single te levar!

O importante é não se deixar levar pelas notícias ruins. Só para você ter um leve gostinho de como é viajar pelo mundo, vá até o seu perfil no instagram e procure essas 3 hashtags:

#ladiesgoneglobal   

#wearetravelgirls 

#thetravelwomen

Depois de olhar várias mulheres localizadas em várias partes do mundo, é difícil não querer viajar também!

Não deixe que o medo te aprisione! A vida é HOJE!

Single Trips

COMENTÁRIOS

SOBRE

A Single Trips é uma agência de viagens para solteiros. Somos o caminho para quem quer viajar sozinho(a), mas com companhia!

SAIBA MAIS

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail. Cadastre-se:

Arquivo